Sábado, 22 de Junho de 2024
°C °C

Morre Anderson Leonardo, do grupo Molejo, aos 51 anos

Cantor estava internado desde fevereiro e tratava câncer na região inguinal

26/04/2024 às 15h01 Atualizada em 27/04/2024 às 08h52
Por: Redação Umirim Notícias Fonte: Diário do Nordeste
Compartilhe:
Vocalista havia sido diagnosticado com câncer na região inguinal em 2022
Vocalista havia sido diagnosticado com câncer na região inguinal em 2022

Vocalista do grupo Molejo, o cantor Anderson Leonardo faleceu, aos 51 anos, nesta sexta-feira (26), conforme informado pela banda de pagode. O artista estava internado em um hospital no Rio de Janeiro desde fevereiro, tratando um câncer na região inguinal.

"Nosso guerreiro lutou bravamente, mas infelizmente foi vencido pelo câncer, mas será sempre lembrado por toda família, amigos e sua imensa legião de fãs, por sua genialidade, força e pelo amor aos palcos e ao Molejo", diz o comunicado divulgado pela banda nesta tarde. 

O grupo finaliza a nota destacando a saudade que Anderson Leonardo deixará. "Sua presença e alegria era uma luz que iluminava a vida de todos ao seu redor, e sua falta será profundamente sentida e jamais esquecida, nós te amamos". 

Convivendo com o diagnóstico da doença há quase dois anos, o músico foi transferido para Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do hospital no final de março para tratar um quadro de insuficiência renal.

Na última sexta-feira (26), Anderson apresentou uma piora no estado de saúde e seu quadro passou a ser considerado “gravíssimo”. 

CÂNCER NA REGIÃO INGUINAL
Anderson descobriu o câncer na região inguinal, tipo raro da doença na região da virilha, no final de 2022. Em janeiro do ano seguinte, ele anunciou ter se curado da doença, mas os tratamentos foram retomados meses mais tarde, desta vez, nos testículos.

Em março, Anderson Leonardo também chegou a ficar internado na UTI para tratar um quadro de insuficiência renal.

Quem é Anderson Leonardo?
O cantor Anderson Leonardo nasceu no Rio de Janeiro em agosto de 1972. Conhecido por compôr o grupo de pagode Molejo, começou a carreira de sucesso na década de 1990. 

Dentre os sucessos, estão "Dança da Vassoura"(1997) e "Cilada" (1996). No grupo, ele ficava responsável por tocar cavaquinho e ser vocalista.

Conforme o portal Na Telinha, do Uol, ele é casado com Paula Cardoso e tem quatro filhos, sendo Leozinho Bradock, Alissa, Rafael Phelipe e Alice.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.