Sábado, 22 de Junho de 2024
°C °C

Atropelamento é a principal causa de óbitos nas rodovias federais do Ceará

PRF orienta atitudes de segurança para pedestres.

26/03/2024 às 16h30 Atualizada em 08/04/2024 às 18h10
Por: Redação Umirim Notícias Fonte: Ascom PRF / CE
Compartilhe:
Atropelamento é a principal causa de óbitos nas rodovias federais do Ceará

Na manhã de hoje (26), um homem morreu atropelado por uma carreta no trecho urbano da BR 116, em Fortaleza. Segundo testemunhas, ele tentava atravessar a rodovia correndo, em um horário de fluxo intenso de veículos. A vítima não foi identificada e a carreta não permaneceu no local do acidente.

A Polícia Rodoviária Federal alerta para a necessidade de que os pedestres adotem atitudes seguras ao atravessar rodovias, principalmente, quando se trata de trechos e horários com fluxo intenso. Na existência de equipamentos de segurança como passarelas ou faixas de pedestres, utilize-as e, em sua ausência, é necessário prudência para avaliar o momento oportuno de realizar a travessia, levando em consideração a existência e a velocidade dos veículos que trafegam pela rodovia.

Somente nos primeiros meses de 2024, já foram registrados 18 atropelamentos nas rodovias federais do Ceará que resultaram em 8 mortes. Essa é o tipo de acidente com a maior incidência de mortes registrado pela PRF no estado. Em 2023, foram 29 mortes registradas em 99 atropelamentos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.