Segunda, 23 de Maio de 2022
28°

Pancada de chuva

Umirim - CE

Dólar
R$ 4,81
Euro
R$ 5,14
Peso Arg.
R$ 0,04
Polícia POLÍCIA

Paciente mata enfermeira com golpes de marreta em hospital no interior do Ceará

Suspeito pegou uma marreta no prédio que está em obras e atingiu a profissional de saúde.

11/04/2022 às 15h40 Atualizada em 18/04/2022 às 14h33
Por: Redação Umirim Notícias Fonte: FM Atitude
Compartilhe:
Entrada da Casa de Saúde Nossa Senhora de Fátima, em Breno Santo, onde enfermeira foi assassinada por paciente — Foto: Arquivo pessoal
Entrada da Casa de Saúde Nossa Senhora de Fátima, em Breno Santo, onde enfermeira foi assassinada por paciente — Foto: Arquivo pessoal

Um paciente da Casa de Saúde Nossa Senhora de Fátima, em Brejo Santo, na Região do Cariri, matou com golpes de marreta uma enfermeira no interior da unidade de saúde, na manhã desta segunda-feira (11).

Conforme a Polícia Civil, o suspeito, de 23 anos, deixou o quarto onde estava internado e foi até uma área em obra na unidade hospitalar. Lá, conforme a polícia, ele pegou a marreta e atingiu a cabeça da profissional de saúde, Maria Sampaio Viana, de 53 anos, com quatro golpes. A enfermeira não resistiu e morreu.

Passagens pela polícia

A polícia disse ainda que o suspeito, que já tem passagens por contravenção penal, lesão corporal em âmbito familiar e por furto, deu entrada no hospital na noite do domingo (10), depois de invadir residências também em surto. Um boletim de ocorrência foi registrado na delegacia do município por policiais militares que atenderam a ocorrência, mas os moradores não manifestaram o desejo de representar criminalmente em desfavor do homem.

Com base nas informações, uma equipe da Delegacia Regional de Brejo Santo saiu em busca do suspeito, que foi localizado, momentos após o crime, em sua residência. O homem foi preso e autuado em flagrante por homicídio.

A Polícia Civil reforçou que será posteriormente feita uma perícia psiquiátrica forense para saber se ele vai ser responsabilizado, responsabilizado parcial ou normalmente. Caso seja constatado que ele sofre algum problema mental, ele pode ser isento de pena ou parcialmente isento.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.