Segunda, 25 de Janeiro de 2021
Ceará TRAGÉDIA

Mãe, filho e mais duas pessoas morrem carbonizados em acidente entre carro e caminhão em Acaraú

As vítimas fatais foram 03 (três) adultos e 01 (uma) criança.

26/11/2020 23h40 Atualizada há 2 meses
Por: Redação Umirim Notícias Fonte: Diário do Nordeste
Vítimas voltavam de uma consulta em Fortaleza quando o carro em que estavam incendiou após bater de frente com um caminhão na cidade de Acaraú.
Vítimas voltavam de uma consulta em Fortaleza quando o carro em que estavam incendiou após bater de frente com um caminhão na cidade de Acaraú.

Uma mulher, o filho de 11 anos e outras duas pessoas morreram carbonizados após o carro em que estavam pegar fogo ao colidir de frente com um caminhão no quilômetro 225 da CE-085, no município de Acaraú, na tarde desta quinta-feira (27). Uma quinta pessoa que estava no veículo sobreviveu e foi socorrida para um hospital da região.

O delegado Júlio Chiarini, titular da Delegacia Regional de Acaraú, afirma que as vítimas retornavam de uma consulta em Fortaleza em um carro da Prefeitura de Jijoca de Jericoacoara quando o acidente aconteceu em uma curva da rodovia.

A Prefeitura de Jijoca de Jericoacoara confirmou que o carro pertence ao município e foi disponibilizado para fazer o transporte de pacientes. O órgão ressalta que está dando apoio as famílias das vítimas e aguarda o laudo da Perícia Forense sobre a identificação oficial dos ocupantes do carro. Nesta quinta-feira (26) foi decretado luto oficial de três dias na cidade.

Conforme o delegado, o motorista do caminhão informou em depoimento que estava trafegando sentido Cruz-Acaraú quando o carro invadiu a contramão da rodovia. O homem e outras duas pessoas que estavam no caminhão não ficaram feridas. O condutor foi liberado após ser ouvido.

Um dos passageiros do carro, que estava sentado ao lado do condutor, foi resgatado do veículo pelo motorista do caminhão com o auxílio dos ajudantes. O homem estava em estado de choque e foi levado para  o Hospital Maternidade Dr. Moura Ferreira, em seguida, foi transferido para a Santa Casa de Misericórdia de Sobral.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.