Quarta, 23 de Setembro de 2020
x
Umirim EDUCAÇÃO

Umirim está entre os 11 municípios do Ceará sem casos da Covid entre alunos da rede pública estadual

Levantamento da Secretaria Estadual da Saúde aponta que todas as cidades sem diagnóstico da doença em estudantes são do interior

25/08/2020 22h31 Atualizada há 3 semanas
Por: Redação Umirim Notícias Fonte: Diário do Nordeste
A prefeitura municipal tem desenvolvido ações para combate ao vírus.
A prefeitura municipal tem desenvolvido ações para combate ao vírus.

Apenas 11 municípios do Ceará não têm casos de Covid-19 entre estudantes da rede estadual, o que corresponde a quase 6% do total. A informação consta na plataforma IntegraSUS da Secretaria da Saúde (Sesa). Conforme o levantamento atualizado às 14h17 desta terça-feira (25), todas as cidades são do interior: Abaiara, Aiuaba, Altaneira, Antonina do Norte, Ibaretama, Jati, Palhano, Penaforte, Saboeiro, Tarrafas e Umirim.

Ao mesmo tempo, também é fora da Capital e Região Metropolitana onde está a incidência mais alta do novo coronavírus, como em Frecheirinha, na Região Norte, que contabiliza 348,2 a cada 100 mil habitantes. Este valor chega a ser cerca de 37 vezes maior que a taxa de Fortaleza, atualmente em 9,4.

Na sequência, aparecem Senador Sá (341,1), Moraújo (298), Groaíras (262), Uruoca (231,2), Juazeiro do Norte (208,02), Acarape (201), Varjota (184,6), Coreaú (168,6) e Tianguá (158) completando a lista das 10 cidades com incidência acentuada da Covid-19 em alunos ligados à Secretaria Estadual da Educação (Seduc).

Testes

Em todo o Ceará, 4.187 estudantes testaram positivo para a doença pandêmica. Deste número, 3.917 estão recuperados (93,5%) e outros seis vieram a óbito em decorrência de complicações clínicas. As vítimas são dos municípios de Fortaleza (3), Barro (1), Itapajé (1) e Porteira (1). 

Ainda conforme o IntegraSUS, a Sesa já realizou 11.020 testes para detecção da Covid-19 em alunos da rede pública estadual. A Pasta também investiga 2.738 casos considerados suspeitos. 

Os casos confirmados em estudantes representam somente 2% do total de diagnósticos do Ceará, que somam 207.386, além de 180.163 altas médicas e 8.339 mortes. 

Ensino

As aulas presenciais no Estado estão suspensas desde o o mês de março, quando o governador Camilo Santana assinou o primeiro decreto restringindo setores econômicos para que a população cumprisse o isolamento social. 

Desde então, as escolas seguem com atividades remotas, já que ainda não possuem autorização local para o retorno do cronograma pedagógico in loco. No último dia 1º de agosto, porém, Camilo Santana informou que a retomada das atividades presenciais nas escolas pode acontecer no mês de setembro, a depender da situação epidemiológica.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.