Teste 1
PUNIÇÃO

Policiais envolvidos em atos não terão salários no próximo mês

Os policiais que abandonarem o serviço sofrerão as mesmas sanções.

18/02/2020 22h26Atualizado há 4 semanas
Por: REDAÇÃO UMIRIM NOTÍCIAS
Fonte: O POVO
Policiais militares, bombeiros e familiares protestam no 18º Batalhão de Polícia Militar (BPM) contra reajuste salarial para a categoria (Foto: Júlio Caesar/O POVO)
Policiais militares, bombeiros e familiares protestam no 18º Batalhão de Polícia Militar (BPM) contra reajuste salarial para a categoria (Foto: Júlio Caesar/O POVO)

O Governo do Ceará comunicou que todos os policiais envolvidos nos atos de reivindicação salarial pelo Ceará serão alvos de Inquérito Policial Militar (IPM), instaurado de imediato pelos comandos, Processo Administrativo Disciplinar (PAD) instaurado pela Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública (CGD). A informação é do Governo do Ceará. 

Ao todo, segundo O POVO apurou, 150 agentes já são alvos de inquérito. Os profissionais sofrerão ainda as punições previstas em lei, e já serão excluídos da próxima folha de pagamento pela Secretaria de Planejamento. Os policiais que abandonarem o serviço sofrerão as mesmas sanções. Os comandos não irão tolerar gestos de indisciplina, diz o Governo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Umirim - CE
Atualizado às 12h40
33°
Poucas nuvens Máxima: 33° - Mínima: 23°
36°

Sensação

17.5 km/h

Vento

46.5%

Umidade

Fonte: Climatempo
Anúncio
Banner sessão Umirim
Municípios
Banner sessão Regional
Últimas notícias
Banner sessão Ceará
Mais lidas
Banner sessão Nacional
Banner somente dentro da materia