Teste 1
MÁ FASE

Ceará empata sem gols com o Cruzeiro no Castelão e chega a sete jogos sem vencer

Alvinegro volta a desperdiçar chances de gol e aumenta sequência sem triunfos. Time siau de campo vaiado

26/09/2019 08h35
Por: Redação Umirim Notícias
Fonte: O POVO ONLINE
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O roteiro das partidas do Ceará na Série A não muda. Na noite desta quarta-feira, 25, o Vovô perdeu pelo menos três grandes chances de marcar contra o Cruzeiro, no Castelão, e acabou empatando mais um jogo, dessa vez sem gols. O resultado aumentou para sete o número de jogos em que o Alvinegro não vence na competição.

Encontrar apenas um culpado é difícil. Galhardo, Bergson, Felippe Cardoso até Mateus Gonçalves desperdiçaram boas oportunidades. A cada chance jogada no lixo, os torcedores esboçavam expressões de incredulidade na arquibancada. Ao fim da partida - bem como nas substituições - muitas vaias se ouviram.

Não dá para dizer que Enderson Moreira se omitiu. Ele iniciou a partida com Carleto na lateral esquerda e sacou Felipe Cardoso do ataque, como ansiava a torcida alvinegra. Começou também com Felipe Baxola na ponta esquerda, mas os três não foram bem. Thiago Galhardo era o mais lúcido em campo e em 45 minutos fez a única finalização perigosa do Vovô, uma cabeçada no canto esquerdo inferior, que Fábio foi buscar, já perto do intervalo.

Na primeira etapa, o Cruzeiro foi melhor. Apesar de ter finalizado menos, foi mais perigoso. Pedro Rocha teve pelo menos três chances e chegou a marcar aos 21 minutos, mas recebeu a bola de Robinho em posição irregular, na grande área.

Diogo Silva salvou o Ceará de ir para o intervalo perdendo. Aos 29, Éderson ganha de dois marcadores, invade a área e chutou forte, de perna esquerda. O goleiro alvinegro defendeu com a mão direita.

No segundo tempo, o jogo teve queda de produção. Até os 17 minutos, ninguém havia chutado no gol. Dos 20 pra frente, porém, o Ceará tomou as rédeas da partida e teve as melhores chances de jogo. A esta altura, Enderson já havia lançado Felippe Cardoso e Mateus Gonçalves a campo.

O primeiro lance que envolveu a participação dos dois aconteceu aos 25 minutos. Mateus fez boa jogada pela esquerda, invadiu a área e chutou, para defesa de Fábio. No rebote, Cardosos chutou em cima do goleiro cruzeirense e na sobra, Galhardo mandou na trave.

Aos 31, Leandro Carvalho puxou contra-ataque, passou para Galhardo, que deixou de calcanhar novamente para o camisa 82. Ele passou a bola para mateus Gonçalves, livre na grande área, que mandou para fora.

O desfecho da partida se desenhava para o mesmo das partidas recentes. O Cruzeiro ainda teve algumas poucas chances, especialmente com Fred, mas também demonstrava deficiências. Enderson Moreira chegou a lançar Wescley, mas o rumo da partida seguiu o mesmo.

Com o empate, o Ceará permanece na 14ª colocação, com 23 pontos. Enquanto oC ruzeiro deixou o Z4 e agora é o 16º, com 19 pontos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.