Teste 1
URUBURETAMA

Prefeito afastado acusado de estuprar pacientes tem novo pedido de liberdade adiado

José Hilson Paiva está preso desde o dia 19 de julho de 2019 na Unidade Prisional Irmã Lima Pontes, em Aquiraz.

03/09/2019 23h48Atualizado há 2 meses
Por: Redação Umirim Notícias
Fonte: G1/CE
Médico é acusado pelo crime de estupro de vulnerável — Foto: Natinho Rodrigues
Médico é acusado pelo crime de estupro de vulnerável — Foto: Natinho Rodrigues

O julgamento do pedido de habeas corpus do médico e prefeito afastado de Uruburetama, José Hilson Paiva, foi adiado mais uma vez nesta terça-feira (3). O pedido de liberdade começou a ser apreciado pela 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Ceará (TJ-CE) nesta manhã. Contudo, o pedido de vistas da desembargadora Marlucia de Araújo Bezerra encerrou a sessão. Ainda não há prazo para o caso ser retomado.

José Hilson Paiva é acusado de estuprar e filmar pacientes durante consultas ginecológicas. A sessão desta terça foi presidida pelo desembargador Francisco Lincoln Araújo e Silva, relator do caso e presidente da 3ª Câmara Criminal.

Decisão esperada pela defesa

A defesa de Hilson, o advogado Leandro Vasques, aponta a falta de contemporaneidade do caso, alegando que após seis meses desde a última denúncia houve prescrição. O advogado também afirma que a apresentação espontânea dele à polícia é razão para justificar o pedido de liberdade.

“Era o que nós esperávamos sim. Absolutamente. Até porque o Tribunal de Justiça por ter suas câmeras criminais têm impedimento que são consolidados que eles são cristalizados. Um deles que prevaleceu meu voto foi de que faltava contemporaneidade, ou seja, os fatos são absolutamente distantes do decreto prisional e por tanto a prisão seria descabida, seria desnecessária. Então era uma decisão esperada”, afirmou Vasques.

Após a sustentação oral da defesa, o desembargador relator, Francisco Lincoln Araújo e Silva, votou favorável à soltura do médico. O desembargador José Tarcílio Souza da Silva também votou a favor da liberdade de José Hilson. Já a desembargadora Marlúcia de Araújo Bezerra pediu para mais prazo para analisar o caso e tomar uma decisão de voto, e a sessão foi encerrada. Ainda não há data para um novo julgamento.

O julgamento do habeas corpos já havia sido adiado anteriormente no dia 26 de agosto e foi remarcado para esta terça-feira.

A prisão de José Hilson foi decretada pela Justiça por considerar a medida necessária para preservar as provas. Ele está preso desde o dia 19 de julho de 2019 na Unidade Prisional Irmã Lima Pontes, em Aquiraz, Região Metropolitana de Fortaleza.

A representante da Defensoria Pública, Ana Cristina Soares de Alencar, lamentou a decisão. Segundo ela, causa um desestimulo para a sociedade, já que o próprio médico confessou ter praticado os crimes.

“Essa decisão ela acaba se tornado uma injeção de desestimulo para a sociedade. Porque nós estamos vendo uma pessoa que disse ter praticado tantos crimes por tanto tempo contra muitas mulheres e ficar fora da Justiça e por enquanto fora da prisão”, disse.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
UruburetamaUruburetama - CE Uruburetama é um município brasileiro do estado do Ceará. Pertence à Região Geográfica Intermediária de Fortaleza e à Região Geográfica Imediata de Itapipoca (anteriormente pertencente à mesorregião do Norte Cearense e à microrregião de Uruburetama). Desenvolveu-se às margens do rio Mundaú, no nordeste do país. Conhecida como Terra da Banana e Arraial.
Banner final do site e dentro das materias
Anúncio
Municípios
Banner sessão Regional
Últimas notícias
Banner sessão Ceará
Mais lidas
Banner sessão Nacional
Banner somente dentro da materia